A tarefa não era das mais simples: derrotar o embalado Ceará, que conseguiu recentemente livrar-se da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro da Série B. Mas o Vitória fez o dever de casa na tarde deste sábado, 14 de novembro e, com um gol do zagueiro Kanu, aos 20 minutos do primeiro tempo, garantiu o triunfo pelo placar mínimo diante da equipe cearense.

kanu_bnlZagueiro Kanu (ao centro) comemora o gol de cabeça que encaminhou o retorno do leão à elite/Foto: Divulgação/EC Vitória

Com o resultado deste sábado, o time comandado pelo técnico Vagner Mancini precisa agora de apenas um ponto nas duas partidas restantes (Luverdense e Santa Cruz) para garantir, matematicamente, o retorno à elite do futebol brasileiro em 2016. É que ao chegar aos 64 pontos – o rubro-negro atualmente tem 63 – o quinto colocado na tabela de classificação não teria mais como alcançá-lo.

Empurrado por sua torcida, o Vitória teve a maioria das iniciativas no primeiro tempo da partida, quando foi superior ao Ceará que, como já era esperado, veio para priorizar a marcação e sair apenas nos contra-ataques. Aos 20 minutos de jogo, depois de cobrança de escanteio do meia Escudero, o zagueiro Kanu subiu mais do que todos na área cearense e cabeceou com força para vencer o goleiro Éverson: 1 a 0 no Barradão.

Contudo, o Ceará voltou melhor na etapa final e deu bastante trabalho a defesa rubro-negra. A superioridade cearense, todavia, esbarrou na falta de pontaria dos atacantes Siloé, Alex Amado e Fabinho. Como se não bastasse, o “vozão” teve o seu principal jogador, o meia Ricardinho, expulso aos 31 minutos, ao tentar interceptar uma bola com a mão dentro da área. Mas Éverson defendeu a cobrança de pênalti de Escudero, fato que conferiu ares de tensão ainda maiores nas arquibancadas do Barradão.

Mas a tarde era mesmo do rubro-negro que, com um homem a mais em campo, segurou sua 18ª vitória na competição, o que lhe garante ingressar na penúltima rodada na terceira colocação na tabela, atrás apenas de América (MG) e Botafogo.

No próximo sábado (21), o Vitória recebe o Luverdense (hoje na 10ª posição, com 51 pontos) na Arena Fonte Nova, às 16h30, na partida que pode selar a volta do rubro-negro à primeira divisão do Campeonato Brasileiro.

Vitória 1
Roberto Fernández, Diego Renan, Kanu, Guilherme Mattis e Euller (Jorge Wagner); Amaral, Marcelo (Luiz Gustavo), Pedro Ken (Flávio) e Escudero; Vander e Elton. Técnico: Vagner Mancini.

Ceará 0
Éverson, Tiago Cametá, Sandro, Charles e Victor Luis; João Marcos (Julio César), Baraka, Ricardinho e Wesclei (Fabinho); Rafael Costa e Alex Amado (Siloé). Técnico: Lisca.

Comentários

Comentários