Não tá fácil pra ninguém! Eu sabia que os jogos seriam duríssimos mas não era pra tanto, das oito partidas, só três terminaram no tempo regulamentar, das outras cinco, três decididas na prorrogação e mais duas nos pênaltis. A única partida razoavelmente fácil foi a da Colômbia, coincidentemente foi a que eu cravei o placar, mas diferente da minha ultima postagem, dessa vez eu acertei todos os classificados.

Agora está afunilando e as partidas tendem a ficar ainda mais duras, porém é nessa hora que o “peso da camisa” prevalece, então acredito que não tenhamos surpresas. Confesso que torcia muito para uma final Argélia x Costa Rica, aí a zueira atingiria o nível da órbita de Saturno, mas a Argélia já foi eliminada e a Costa Rica daqui não passa. Então vamos às partidas, antes que eu morda meu cotovelo por não termos jogos durante dois dias.

cad

E você achando que a Costa Rica nas quartas era o milagre dessa Copa

Brasil 2 x 0 Colômbia

O Brasil ainda não engrenou, é verdade, mas a Colômbia ainda não pegou um adversário difícil, o grupo era um dos mais fáceis e o Uruguai sem Suárez não bota medo em ninguém. A camisa vai prevalecer. Brasil, sem prorrogação e sem sustos.

França 1 x 2 Alemanha
O jogo! Daqueles sem favoritos, mas ainda acho que os alemães tem mais time e são mais organizados, a França depende muito de Benzema e seu posicionamento. Deve ter prorrogação aqui.

Holanda 2 x 0 Costa Rica
É aqui que a Rica da Costa Zica chegará ao fim, do outro lado está o melhor ataque da Copa. Uma pena… Costa Rica, nós nunca vamos esquecer sua zueira, obrigado e volte sempre!

Argentina 1×0 Bélgica
O time da Bélgica é muito bom, mas imaturo, ontem mesmo a defesa estava perdidinha pedido pra tomar gol e só não foram eliminados porque os americanos não souberam aproveitar os contra-ataques, foi por pouco. Agora do outro lado vai ter Messi, Di Maria e sua turma. Então dá Argentina, suado, mas nem tanto.

Domingo eu volto pra conferir.

Imagens: FIFA (capa), Globo Esporte (restante).

Comentários

Comentários