A Mãe Estava, do latim Stabat Mater, foi a canção que escolhi para a coluna Fotopoesias desta semana. Nela, retrato o espetáculo teatral A Paixão de Cristo 2018, uma realização dos jovens da Pastoral da Comunicação, sediada na Paróquia São Cristóvão, em Salvador… 

A mãe dolorosa estava
Chorosa junto à cruz
Enquanto o filho pendia

Cuja alma que gemia
Aflita e em dor
A espada atravessou

Como lamentava e se afligia
A mãe piedosa, enquanto via
Os sofrimentos do nascido glorioso

Pelos pecados de seu povo
Viu Jesus em tormentos
E submetido aos flagelos

Viu seu doce nascido
Morrendo desolado
Enquanto entregava o espírito

Quem poderia não compadecer
Vendo a mãe de Cristo
Condoída com o filho?

Quem é o homem que não choraria
Se visse a mãe de Cristo
Em tanto suplício?

Esteja com você junto à cruz
Me una a você
No pranto pelo luto.

Faça-me ser guardado pela cruz
Fortalecido pela morte de Cristo
Confortado pela graça

Quando meu corpo morrer
Faça com que a alma seja dada
À glória do paraíso

Comentários

Comentários