Você respeita o seu querer?

A sua vontade?

Ou sucumbe às vontades/necessidades do (a) parceiro (a), da família, dos amigos?

Pergunto isso porque ontem estava extremamente cansada, de mau humor (TPM) e só queria (na verdade, precisava) ficar em casa, descansar, organizar umas pendências, enfim…colocar as pernas para cima e tentar relaxar mesmo… Mas, tinha um aniversário de um amigo, um encontro de amigas… e eu fui explicando, esquivando e…respeitei minha vontade e nem fui!

Nem malhar eu fui!! ☺

Me respeitei. Escutei o que meu corpo e minha e mente queriam e fiz o que EU precisava!

Foto: Senhorita Laly

Foto: Senhorita Laly

Hoje acordei bem mais descansada…, mas, com um sentimento de culpa pela ausência ao aniversário e ao encontro… e esse sentimento é o que me intriga!

Até quando eu vou achar que preciso dizer “sim” a todos e dizer “não” a mim? Na terapia trabalhava muito isso… essa incapacidade de negar ajuda, negar presença… quem me conhece logo percebe esta característica em mim, mas, isso é extremamente cansativo … acabo me doando demais aos outros, não nego o que me solicitam e vou deixando as minhas necessidades para trás… depois, tenho uns surtos de cansaço e percebo que estou cheia de pendências porque dediquei meu tempo para outras pessoas e não a mim! Não falo isso nem porque sou altruísta. Falo isso porque tenho mesmo dificuldade em dizer não.

Ontem, ainda bem que eu disse não. E cada vez pretendo dizer mais! Só falta agora aprender a não ficar depois me culpando pelas negativas. Viver é aprender, certo? Um dia chego lá!

Comentários

Comentários