O Colegiado de Cultura de Itapagipe, via o Centro de Arte e Meio Ambiente (Cama), lançou o edital para seleção musical “Vozes de Itapagipe”, que vai selecionar 10 canções de autoria dos compositores locais, em homenagem a Península Itapagipana, para compor o CD “Vozes de Itapagipe”, com participação especial da cantora e compositora, oriunda da cidade baixa, Margareth Menezes.

A cantora Margareth Menezes é filha de Itapagipe. |Foto: Back2Black Festival

A cantora Margareth Menezes é filha de Itapagipe. |Foto: Back2Black Festival

O álbum “Vozes de Itapagipe” simboliza a valorização da produção musical da Península de Itapagipe na cena musical baiana.  A produção que terá direção do cantor e compositor, Mauricio Lourenço, também oriundo da cidade baixa apresentará ao público arranjos que integram a ancestral tradição, periférica, africana das palafitas, bem como os ritmos, estilo e concepção musical presentes nas manifestações culturais, que tradicionalmente acontecem na região de Itapagipe como, a lavagem do Bonfim e o Encontro do Jegue de Cueca e da Jega de Calçola.

A seleção ocorre 29 de julho a 07 de agosto, no Centro de Arte e Meio Ambiente (Cama), final de linha do Uruguai, das 8h às 17h

“O CD Vozes de Itapagipe vai contribuir para valorização e fortalecimento da cultura local e ajudar a juventude a conhecer a história e tradição do local que vive”, disse Raimundo Nascimento, coordenador do Cama.

11807349_734868173291832_2205118154784263131_oA seleção acontece até o dia 07 de agosto e os interessados deverão enviar para o Cama suas composições referenciadas na região de Itapagipe ressaltando a beleza do mar, as manifestações populares, a paisagem e a religiosidade local.

O edital tem como objetivo desenvolver a cultura musical, revelar talentos, valorizar compositores e intérpretes e divulgar o território a partir de composições, que amplie a relação de identidade e diversidade cultural local e faz parte das ações desenvolvidas pelo Projeto de Fortalecimento da Rede de Cultura de Itapagipe, que vem sendo desenvolvido pelo CAMA e a Comissão de Articulação e Mobilização dos Moradores da Península de Itapagipe (CAMMPI) com o objetivo estratégico de aprofundar, informar e possibilitar o acesso as políticas públicas culturais com apoio do Fundo de Cultura do Estado da Bahia, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura do Estado da Bahia.

Sobre a inscrição

As inscrições das músicas poderão ser efetuadas na sede do CAMA, situado no Espaço Cultural Alagados, Praça do Uruguai, até o dia 07 de agosto, das 8h às 17h, em mídia com arquivo no formato MP3 ou CD, juntamente com a letra da composição e o formulário preenchido de inscrição.

Comentários

Comentários