Estava na região do Iguatemi, sentada, esperando meu pai chegar. Presenciei então um bela e desconcertante cena.

Dois idosos, bem idosos mesmo, estavam descendo as escadas. A senhora, de moletas, estava com dificuldades para descer. Então, mesmo com o peso da idade que lhe minava as forças e lhe deixava com fragilidade aparente, o senhor ajudou a companheira no percurso.

Moral da história? Generosidade, companheirismo, gentileza, educação, cortesia e amor não têm idade.

 

*Crônica baseada em fato real, narrado por Andreza Fraga (autora também do registro fotográfico)

Comentários

Comentários