Referência mundial com o seu tema de comunidade, o Grupo Cultural Olodum carrega historicamente o pioneirismo da inclusão social em prol da igualdade, liberdade e fraternidade. Seja em suas músicas, workshop, shows ou qualquer realização, a entidade se destaca em mostrar o seu ideal. Toda essa bagagem de experiência, ao longo de 36 anos de “Samba reggae e cidadania”, integrará as ações dos programas ‘Educar para Transformar – um Pacto pela Educação e o Pacto pela Vida’.

Governador Rui e João  Jorge, presidente do Olodum. | Foto: Secom/BA

Governador Rui e João Jorge, presidente do Olodum. | Foto: Secom/BA

O convite foi feito pelo governador da Bahia, Rui Costa, esta semana, na sede da Governadoria. A proposta é que o Olodum seja parceiro do Estado em ações nas escolas baianas e projetos sociais nas comunidades atendidas por bases comunitárias de segurança.

“Estamos convidando as entidades que têm simbolismo, força e reconhecimento do povo da Bahia e de Salvador, para que juntos possamos abraçar os projetos educacionais e o trabalho de prevenção social nas comunidades mais vulneráveis socialmente”, afirmou Rui.

O presidente do Grupo Cultural, João Jorge, destacou o compromisso da entidade para a em valorização a vida: “Temos pedido para diminuir a violência contra a população negra, e isso só pode ser feito com uma ação conjunta entre a sociedade civil, empresas, governo, todos os atores se mobilizando para promover a cultura, a educação e o reconhecimento”.

Um momento de grande importância que reafirma a ação efetiva que o Olodum desempenha dentro do estado da Bahia e do mundo, na sua história na sua essência e em suas ações. Em um mês de grande festividade da Bahia onde se celebra a Revolta dos Búzios.

Comentários

Comentários