A capitá, o Pelô, estão com cara de interiô… São João e Copa do Mundo parece ser a combinação ideal para atração de turistas para a Bahia neste 2014. Para o tradicional festejo junino regional e competição de quadrilhas juninas, o São João da Bahia, que contempla cerca de 240 municípios, o governo do estado destinou R$ 21 milhões em recursos, segundo a Bahiatursa, fruto de convênio com o Banco o Brasil e a Petrobras. Deste montante, a capital ficou com R$ 7,5 milhões.

O clima junino, e da Copa do Mundo, tomaram o estado. | Foto: Turismo Bahia

O clima junino, e da Copa do Mundo, tomaram o estado. | Foto: Turismo Bahia

No Centro Histórico, em Salvador, serão mais de 100 atrações. O festejo começa na quarta-feira, 18 de junho e vai até o dia de São João (24). Nomes como Elba Ramalho, Aviões do Forró, Targino Gondim, Adelmário Coelho, Flávio José, Estakazero e Zelito Miranda compõem a grade de programação, com shows, entre artistas nacionais e forrozeiros baianos, que se apresentarão nos palcos montados no Terreiro de Jesus, Pelourinho, Cruzeiro de São Francisco e na Praça Tereza Batista e largos Pedro Arcanjo e Quincas Berro d´Agua.

“Vamos ter festa não só no Pelourinho, com artistas da terra e nomes nacionais, mas em toda a Bahia. Vamos mostrar que sabemos receber bem”, comemora o secretário do Turismo, Pedro Galvão, parabenizando o presidente da Bahiatursa, Diogo Medrado. A expectativa é que a festa receba cerca de 70 mil turistas estrangeiros, no estado, durante a Copa do Mundo e o São João.

Copa do Mundo

Na programação do festejo junino está incluso a instalação de telões armados ao lado do palco principal, no Terreiro de Jesus, onde serão transmitidos os jogos do Mundial de Futebol da Fifa. Quem passa pelas ruas, becos e largos do Centro Histórico de Salvador já sente o clima festivo, com motivos decorativos que ressaltam a brasilidade, tendo como grande símbolo o coração, além de elementos como a Bandeira Nacional, os cactos nordestinos, o cordel, balões e bandeirinhas de São João.

O festejo patrocinado pelo governo baiano contempla a capital e mais 240 cidades do interior.  | Foto: Turismo Bahia

O festejo patrocinado pelo governo baiano contempla a capital e mais 240 cidades do interior. | Foto: Turismo Bahia

No interior

O governo, através de edital de chamamento público, contemplou 163 cidades, com valores que vão de R$ 20 mil a R$ 100 mil, uma forma, segundo a Bahiatursa, de valorizar a maior festa popular da Bahia. Em parceria com a Secopa, cerca de 30 municípios farão o “Forrocopa” que, além de atrações do autêntico forró pé-de-serra, transmitirão os jogos da Copa do Mundo em telões de alta resolução.

PROGRAMAÇÃO

(Palco principal – Terreiro de Jesus) 

18/6 (quarta-feira)

18h às 19h30 – Virgílio Miranda

20h às 21h30 – Cangaia de Jegue

22h às 23h30 – Elba Ramalho

00 à 1h30 – Cicinho de Assis

19/6 (quinta-feira)

18h às 19h30 – Targino Gondim

20h às 21h30 – Estakazero

22h as 23h30 – Aviões do Forró

00h à 01h30 – Filomena Bagaceira

20/6 (sexta-feira)

18h às 19h30 – Gereba

20h às 21h30 – Adelmário Coelho

22h às 23h30 – Zelito Miranda

00h à 01h30 – Tenilson Del Rey

21/6 (sábado)

18h às 19h30 – Trio Nordestino

20h às 21h30 – Dorgival Dantas

22h às 23h30 – Tio Barnabé

00 à 01h30 – Carlos Pita

22/6 (domingo)

18h às 19h30 – Del Feliz

20h às 21h30 – Trio Virgulino

22h às 23h30 – Poiz é

00 à 01h30 – Val Macambira

23/6 (segunda-feira)

18h às 19h30 – Não haverá banda – Jogo do Brasil

20h às 21h30 – Magníficos

22h às 23h30 – Bicho de pé

00 à 01h30 – Bando Virado no Mói de Coentro

24/6 (terça-feira)

18h às 19h30 – Renato Fechine

20h às 21h30 – Colher de Pau

22h às 23h30 – Flávio José

00h à 01h30 – Forrozão

 

*Com informações Bahiatursa

Comentários

Comentários