Nasceu! Ou melhor, nasceram! Um mês e mais um pouquinho. Foi o tempo que durou o chocamento da rolinha no insólito ninho construído, artesanalmente perfeito, no basculante do banheiro do meu apartamento. Numa quinta-feira chuvosa, sob a proteção da mãe, pude notar dois filhotinhos buscando aquecimento em meio ao frio.

Um dos filhotes ao lado da mamãe rolinha... | Foto: Cadu Freitas/BnL

Um dos filhotes ao lado da mamãe rolinha… | Foto: Cadu Freitas/BnL

Bobeira! Podem alguns pensar. Mas quem não ficaria bobo ao ser presenteado por tão singular espetáculo da natureza. E logo no pós-Páscoa, esse tempo de renascimento. Dois filhotinhos de rolinha nasceram e estão recebendo os primeiros cuidados em minha janela.

Ademais, é cuidar para não assustá-los ao entrar no banheiro. Mas já estão familiarizados mesmo, ao menos a mamãe rolinha, que já posa para minhas fotografias. Acho que se acostumara também com meu cantarolá desafinado na hora do banho.

Os dois filhotinhos buscam abrigo em baixo da mamãe... |Foto: Cadu Freitas/BnL

Os dois filhotinhos buscam abrigo debaixo da mamãe… |Foto: Cadu Freitas/BnL

A expectativa é só para saber quando alçarão voo e me abandonarão!

Comentários

Comentários