Igualdade

O empate foi justo. No primeiro clássico Ba-Vi de 2014, Vitória e Bahia protagonizaram uma partida morna, sem muitas emoções, neste domingo, 23 de fevereiro, no estádio de Pituaçu. Mais compacto, o rubro-negro foi melhor no primeiro tempo, quando chegou ao gol com o lateral (improvisado de meia Juan). O tricolor teve a chance do empate com o estreante Marcão, mas Wilson fez grande defesa. Na etapa final, o time do técnico Marquinhos Santos melhorou e chegou a igualdade, com Fahel. Tecnicamente os dois deixaram a desejar.

bavi_bahia_na_lupa

Emprego

Valeu o emprego. Marquinhos teve o mérito de mexer bem no Bahia no segundo tempo do clássico. Wangler e Talisca deram mais ânimo ao time, que passou a jogar mais no campo do Vitória. Uma derrota em Pituaçu, fatalmente custaria o cargo do treinador. Contudo, não há espaço para ilusões. O tricolor precisa de reforços. Ainda falta a chegada de um bom meia articulador, que pode ser Lincoln. Também penso que um zagueiro e um lateral, no mínimo, são peças fundamentais para quem ainda terá pela frente duas competições nacionais.

Escudero

O desfalque é grande. A lesão do meia argentino Escudero, que deve privá-lo dos gramados durante boa parte deste ano, custa caro ao Vitória. Sem um articulador à altura, o time comandado por Ney Franco improvisa o bom lateral Juan, mas essa alternativa não pode ser utilizada para sempre. Para a bola chegar redonda para Marquinhos, Dinei, William Henrique e cia, um homem do ramo é peça-chave para o setor. Difícil é acertar o nome em um mercado tão disputado. Danilo renovou com o Corinthians e não vem mais. Uma aposta seria Rafael Granja, do xará de Conquista.

Sensação

A volta do ‘demolidor’. O Galícia é a grande sensação do Baianão 2014. Recém promovido da famigerada segunda divisão, onde esteve nos últimos 15 anos, o granadeiro azulino voltou ao seu lugar neste ano, classificou-se à segunda fase com antecedência e hoje já disputa uma vaga às semifinais com o Vitória da Conquista. Sem os recursos milionários de Bahia e Vitória, mas com profissionalismo e visão de mercado, os profissionais à frente do “demolidor de campeões” fizeram um time bom e barato, que já está, simplesmente, a nove jogos sem perder na competição.

Lista

Sai hoje a lista. Ainda nesta segunda-feira (24), o técnico da Seleção Brasileira, Luís Felipe Scolari, divulga os nomes dos convocados para o amistoso diante da África do Sul, no início de março, nesta que será a penúltima convocação antes da Copa do Mundo (a última está programada para maio). Hoje serão chamados apenas os jogadores que atuam no Brasil. O centroavante Fred, recém recuperado de lesão, deve voltar ao time canarinho, uma prova de que conta com total confiança e apoio do comandante. Em perfeita forma física, o atacante do Fluminense é titular absoluto ao lado de Neymar.

Pimentinha

O Maxi Biancucchi  já cogitou tomar um banho de ervas para espantar o mau-olhado?

Comentários

Comentários