Abaixo

Faltou bola ao Vitória. Mesmo diante do povo rubro-negro, no estádio de Pituaçu, o time comandado pelo técnico Ney Franco desperdiçou um caminhão de gols no domingo, 16 de fevereiro, diante do Ceará, na partida de ida das quartas de final do Nordestão. Além disso, deu muito espaço ao adversário, que levou perigo com o veterano Magno Alves mais de uma vez. Agora, o leão fica obrigado a ganhar em Fortaleza, na próxima semana, para seguir vivo.

vitoria_ceara_bahianalupaLeão lutou bastante no domingo, mas errou muitos gols e ofereceu espaço às ações ofensivas do Ceará
Foto: EC Vitória/Divulgação

Completo

Não vai poupar. Domingo (23) tem Ba-Vi  em Pituaçu, válido pelo Baianão. Quatro dias depois (27), o Vitória decide uma vaga às semifinais do Nordestão no Ceará, mas Ney Franco garante que não vai poupar ninguém para o clássico do próximo fim de semana. A preservação do time considerado principal será feita nesta quarta-feira (19), contra a Juazeirense, no Adauto Moraes. O fato de o rubro-negro ser o atual líder do grupo dá tranquilidade ao comandante.

Marcão

Camisa 9. O centroavante Marcão, que estava no América-MG, deve ser anunciado nas próximas horas como novo reforço do Bahia. Baiano de Camaçari, o jogador também passou por Ipitanga, Atlético-GO e Atlético-PR. Dotado de pouca técnica, mas muita raça e presença de área, ele vem para tentar suprir a carência deixada desde a saída de Fernandão. Ainda não é a solução dos sonhos da torcida, mas certamente irá ajudar o time de Marquinhos Santos.

Satisfação

Demorou, mas chegou… Dias depois de ter anunciado – repentinamente e sem muitos detalhes – as demissões do supervisor de futebol, do fisiologista e do coordenador da Base, a direção tricolor anunciou nesta segunda-feira (17) os nomes dos substitutos: Cícero Souza (ex Grêmio, Sport e Criciúma) e Guilherme Rodrigues (ex-Atlético-GO), respectivamente. Falta apenas oficializar o novo chefe de gurizada, o que deve ocorrer em breve.

Castigo

Quem não faz… No sábado (15) a tarde, o Galícia recebeu o Serrano em Pituaçu, abriu o placar com o artilheiro Davidson cobrando pênalti, ainda no primeiro tempo, e criou boas chances de aumentar o marcador, principalmente com o centroavante Pedro Henrique, que desperdiçou uma chance incrível. O castigo veio no último lance do jogo, num chute despretensioso já nos acréscimos da segunda etapa. A bola desviou e enganou o goleiro Tigre. Empate amargo.

Ultrapassado

Vivemos no tempo das cavernas. Mesmo em um século 21 inundado de inovações tecnológicas, o futebol mundial (capitaneado por dona Fifa) segue recusando o auxílio de recursos eletrônicos para os lances mais polêmicos, o que já vemos há tempos em esportes como tênis e vôlei. O saldo dessa resistência absurda se vê em jogos como o Flamengo e Vasco de domingo (16), quando os “olhos humanos” não viram o gol legítimo dos vascaínos.

Veredito

Dia “D”. Nesta terça-feira (18), a Fifa promete anunciar a decisão sobre a possível exclusão da Arena da Baixada, em Curitiba, dos jogos da Copa do Mundo. Segundo o secretário-geral da entidade, Jérôme Valcke, o veredito será dado após a vistoria dos técnicos ao empreendimento. A tendência é a de que a sede paranaense seja mantida para o Mundial, uma vez que as obras evoluíram nas últimas semanas, com o aporte de R$ 39 milhões.

Pimentinha

O Vitória vai morrer na praia, mais uma vez, diante do Ceará?

Comentários

Comentários