Os pacientes da pediatria e da hemodiálise do Hospital Geral Roberto Santos, em Salvador, participam, ao longo desta semana, de um baile de máscaras, com marchinhas de carnaval, promovido pelos professores da Escola Municipal Hospitalar e Domiciliar Irmã Dulce. A ação – que conta com o apoio dos serviços de psicologia e terapia ocupacional da instituição – teve, nesta segunda-feira, 20 de fevereiro, a presença da diretoria da unidade, que acompanhou de perto a animação do grupo.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Com concentração na brinquedoteca, as crianças internadas se envolveram na atividade desde a arrumação e seguiram o bloco pelo corredor da enfermaria pediátrica. Já na hemodiálise, a festa acontece para todas as idades.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

“Os alunos, que são alfabetizados enquanto estão internados no hospital, confeccionam as máscaras e os que podem vêm fantasiados com roupas de super-heróis. Como eles maitêm aulas de música, é uma oportunidade para aumentarem o repertório com o resgate de marchinhas antigas. Temos auxílio de alguns instrumentos também”, explica Isabela Cerqueira de Souza, uma das professoras do projeto no HGRS.

Comentários

Comentários