Capoeira, Literatura, Novena de Santo Antônio, Terno de Reis, Bonecos de Papel essas e outras manifestações populares fazem parte do acervo de imagens da exposição fotográfica “A Beleza de Itapagipe – Um território de Cultura e Diversidade”. A mostra será lançada na sexta-feira, 24 de Julho, às 13h, na Escola Solange Hortélio Franco (próxima ao Bahia Outlet Center), bairro do Uruguai, Cidade Baixa, em Salvador. Mas também vai circular em outros espaços da capital, com uma programação itinerante. A entrada é gratuita.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

A expo, que tem a curadoria do editor de fotografia do Bahia na Lupa, o jornalista André Frutuôso, é composta por 30 fotografias de pessoas e instituições que fortalecem e ressignificam a cultura da Península Itapagipana. A iniciativa é fruto do Projeto “Arte do Cotidiano – A imagem da Periferia”, realizado pelo Centro de Arte e Meio Ambiente (CAMA), com meninos e meninas que tem entre 15 e 18 anos, moradores do local.

“As fotos que compõe a exposição mostram a Península de Itapagipe como Território de Cultura que precisa ser valorizado, preservado e registrado”, afirma Raimundo Nascimento, coordenador geral do Projeto. Segundo ele, é imprescindível resguardar a memória sócio cultural dos moradores dos Alagados, da Praia de Boa Viagem, do Bonfim, do Monte Serrat, da Ribeira, do Uruguai, dos Mares, Roma, Caminho de Areia, Vila Ruy Barbosa e Massaranduba.

Aluno do projeto em ação... | Foto: André Frutuôso/BnNL

Aluno do projeto em ação… | Foto: André Frutuôso/BnL

Um dos alunos do projeto, Thiago Silva, revela que mudou seu olhar a partir curso: “Hoje eu passo pela rua vejo várias situações e penso: Aquela cena daria um excelente registro fotográfico”. O mesmo conta Alana Costa. “Quando pego a câmera sempre procuro o melhor ângulo, me jogo no chão, sento, pulo, subo nos lugares, fico na ponta dos pés… Eu fico tão conectada que entro em outro mundo pra conseguir uma boa foto”, diz a aluna.

“Eu fico tão concentrado quando estou com a câmera na mão que nem percebo o tempo passar. Fico atento, pois qualquer situação pode se transformar numa grande foto”, afirma Elijandisson Ribeiro. Igual a ele, poético, Cleiton Magalhães destaca que consegue “parar o tempo em um clique” ao fotografar: “O que fotografei e fica congelado para sempre”.

Aluna do curso fotografando... | Foto: André Frutuôso/BnL

Aluna do curso fotografando… | Foto: André Frutuôso/BnL

O valor artístico das imagens que compõem a exposição foi enaltecido pela jovem Iasmin Rodrigues: “Por meio da fotografia é possível valorizar mais as pessoas, se expressar, enxergar a beleza e a estética. Se antes eu já valorizava a arte, agora depois do curso aprecio mais ainda”.

Capacitação

De abril a julho desse ano, 20 jovens participaram de uma capacitação na área da fotografia, com o objetivo de aprender a escrever com a luz registros que fortaleçam as iniciativas positivas da Cidade Baixa.

No cronograma de atividades, para além da técnica e manuseio do equipamento fotográfico, foi oferecido aos alunos as seguintes disciplinas: Cidadania, Raça/Gênero e Políticas Públicas, Educação Patrimonial, Produção Cultural, História da Arte e Cultura da Bahia, Estética de História da Bahia, Estética Fotográfica.

Alunos do curso de fotografia... | Foto: André Frutuôso/BnL

Alunos do curso de fotografia… | Foto: André Frutuôso/BnL

As matérias inseridas na capacitação em fotografia teve como finalidade “lapidar” o olhar dos jovens para que eles percebam que através da imagem é possível combater a exclusão social e explorar a arte que está no dia-a-dia.

O Projeto “Arte do Cotidiano – A imagem da Periferia” realizado pelo CAMA é uma parceria celebrada com a Fundação Gregório de Mattos vinculada a Secretaria de Desenvolvimento de Turismo e Cultura de Salvador, através do Edital Arte em Toda Parte.

Programação da Expo Itinerante

24/07  Sexta Escola estadual Solange Hortélio Franco 14h
25/07  Sábado Espaço Cultural Alagados 9h às 17hs
26/07 Domingo Espaço Cultural Alagados
28/07 Terça Escola Polivalente San Diego 9h às 17hs
29/07 Quarta Escola Polivalente San Diego
31/07 Sexta Parque São Bartolomeu 9h às 17hs
01/08 Sábado Parque São Bartolomeu 9h às 17hs
04/08 Terça Centro Cultural Plataforma 9h às 17hs
05/08 Quarta Centro Cultural Plataforma 9h às 17hs
07/08 Sexta Escola Luiza Mahim – Quadra de Esporte Largo da Metron 9h às 17hs
10/08 Terça FIB – Faculdades Integradas da Bahia 9h às 17hs
11/08 Quarta FIB – Faculdades Integradas da Bahia 9h às 17hs
14/08 Sexta Shoping Bahia Oltlet Center 9h às 17hs
15/08 Sábado Shoping Bahia Oltlet Center 9h às 17hs

Comentários

Comentários