Em cartaz até sexta-feira, 24 de março, das 9h às 17h, no Espaço Cultural Josaphat Marinho, Assembleia Legislativa da Bahia, a mostra reúne 22 obras de estudantes da rede estadual de ensino…

Foto: Cadu Freitas/BnL

‘Passado, presente e futuro’, do aluno Agnaldo Araújo Estrela, Colégio Est. Antônio Carlos Magalhães, Antônio Cardoso/BA. | Foto: Cadu Freitas/BnL

O amarelo alaranjado, típico do sertão, é marcante em cada quadro. Os traços fortes, da terra rachada ou dos rostos sofridos do sertanejo, vivificam cada pintura. “Coisas do Ser-Tão” é o nome da Exposição de obras de arte que retratam as percepções estudantis sobre o Sertão baiano.

Foto: Cadu Freitas/BnL

”O vaqueiro do Nordeste’, do aluno Jarbas Pierre Damasceno Reis, Colégio Est. Dr Rubem Carneiro, Nordestina/BA. | Foto: Cadu Freitas/BnL

“Com estilos e técnicas variadas, os estudantes expressam as percepções sobre eles mesmos, sobre a vida e as faces da Bahia, revelando a diversidade cultural do nosso estado. É um processo de ampliação do conhecimento e aprimoramento do olhar que contribui no ensino e aprendizagem na escola”, explica Nide Nobre, coordenadora de Projetos Intersetoriais da Secretaria da Educação.

Foto: Cadu Freitas/BnL

‘Missão Mestiça’, do aluno DiegoGonçalves da Silva, Colégio Est. Dr Rubem Carneiro, Nordestina/BA. | Foto: Cadu Freitas/BnL

Quem visita a expo tem um contato real com os olhares dos estudantes sertanejos, capturados em cada tela. As pinturas ressaltam as paisagens e contrastes peculiares da cultura, fé e mazelas sociais da vida no Sertão. A seca comove e apreende o olhar.  

Foto: Cadu Freitas/BnL

‘Lampião’, do aluno Ernani Soares Nascimento, Colégio Est. Getúlio Vargas, Curaça/BA. | Foto: Cadu Freitas/BnL

A Expo faz parte do projeto Artes Visuais Estudantis (AVE), promovido pela Secretaria da Educação do Estado, que busca estimular as habilidades criativas dos estudantes.

*O quadro em destaque, na foto de capa desta matéria, é ‘Vida no Sertão’, da aluna Cláudia Yalle Brito de Almeida, Colégio Est. Dr Cleriston Andrade, Ibotirama/BA.

Comentários

Comentários