A cantora Dora Bahiana é uma das indicadas ao Prêmio Caymmi de Música pelas apresentações que fez no ano passado com o projeto cultural “A Bahia de Ouro e Pedra de Alcyvando Luz”, que homenageou a vida e obra do multi-instrumentista e compositor baiano. A artista concorre ao prêmio na categoria melhor show e fará mais duas apresentações do projeto em Salvador – nos dias 12 e 13 de Abril, no Espaço Cultural da Barroquinha – quando será avaliada pelos jurados.

DSCF8292

O projeto “A Bahia de Ouro e Pedra de Alcyvando Luz” concorre, ainda, às categorias técnicas como melhor intérprete feminina, instrumentista, direção artística, direção musical, destaque técnico e produção revelação. Essa é a segunda edição do Prêmio Caymmi, que visa promover e propagar a música baiana, “valorizando a nova e efervescente produção musical, oportunizando os novos artistas e reverenciado aos que, por aqui, universalizaram a forma de fazer cultura”.

Para Dora Bahiana, a indicação é muito importante para a música e cultura baiana. “Recebi a indicação com muita emoção, pois esse foi um projeto que desenvolvi com todo o meu amor. Alcyvando, além de um exímio compositor muito importante para a música baiana, foi também o meu padrinho musical”, afirma a cantora, que levou um grande público aos seus shows em homenagem ao “Nego Véio da Bahia”. As apresentações do projeto ocorreram em abril e maio do ano passado em Salvador, Feira de Santana e Santo Amaro.

Nos dois dias de apresentação em Salvador, Dora Bahia interpretará canções do compositor que fizeram sucesso nas vozes de outros artistas, como João Gilberto, Caetano Veloso e Cesária Évora, além de apresentar algumas das músicas inéditas do multi-instrumentista. Os ingressos para as apresentações em Salvador são limitados, mas ainda não estão à venda. As apresentações terão início às 19h30.

O projeto, idealizado pela cantora, conta com direção artística de Ruy Manthur, direção musical de Son Melo e direção geral e produção executiva de Taís Fraga

Comentários

Comentários