“Ah, uhu, a Fonte Nova é nossa”! A provocação da torcida rubro negra, na véspera do BaVi deste sábado, 03 de Outubro, foi reverberada ao final do jogo. Foi um clássico com todos os ingredientes: gol relâmpago, expulsão, reclamações com arbitragem, olé e o Vitória voltou a vencer o Bahia, desta vez, de virada, com o placar de 3 a 1.
Foto: ECVitória

Foto: ECVitória

O tricolor abriu o marcador com Kieza, aos 19 segundos de jogo. Escudero empatou ainda no primeiro tempo. O artilheiro do Bahia, Kieza, acabou sendo expulso no final da primeira etapa.
No segundo tempo, o time de Sérgio Soares não resistiu à pressão da equipe de Vagner Mancini e sofreu a virada, com gols de Rhayner e Diego Renan.
Com o resultado, o Vitória se consolida na segunda colocação e diminuiu para quatro pontos a distância para o líder Botafogo.
Foto: ECBahia

Foto: ECBahia

O Vitória alcançou 52 pontos em 87 possíveis e abriu cinco pontos de vantagem para o quarto colocado. O Bahia, com a derrota, caiu para quinto e segue com 47 pontos.
CAMPEONATO BRASILEIRO – 2015
2º Turno – 10ª Rodada
Data: 03/10, às 16h30
Local: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)
BAHIA 3 X 1 VITÓRIA
Gols: Kieza (BAH) aos 19s, e Escudero (VIT) aos 28min do 1º tempo; Rhayner (VIT) aos 13min e Diego Renan aos 38min do 2º tempo
Arbitragem: Leandro Pedro Vuaden (FIFA), assistido por Marcelo Bertanha Barison (ESP.2) e Carlos Henrique Selbach (CBF 2), todos do Rio Grande do Sul
Cartão amarelo: Tiago Real, Yuri, Maxi Biancucchi (BAH), Diogo Mateus, Ramon e Amaral (VIT)
Expulsão: Kieza (BAH) aos 48min do 1º tempo
Renda: R$ 1.330,969,00
Público: 37 mil e 169 pagantes
BAHIA – Douglas Pires; Railan, Robson, Gustavo e João Paulo; Yuri, Tiago Real, Paulinho Dias (Souza) e Eduardo (João Paulo Penha); Maxi Biancucchi (Zé Roberto) e Kieza
Técnico: Sérgio Soares
VITÓRIA – Júnior Fernandez; Diogo Mateus, Kanu, Ramon e Diego Renan; Amaral, Pedro Ken (Flávio), Rhayner (David) e Escudero (Jorge Wagner); Vander e Elton
Técnico: Vagner Mancini

Comentários

Comentários