Chuva forte = Hora de contrição e perdão

E quando chove muito assim, eu tenho a certeza de que é uma crise de Deus. Crise intensa de choro por nós. É que o seu coração imenso está transbordando de tanta dor. Dor por nossas falhas, nossas ações impensadas, nossas palavras malditas e atos destrutivos. Quando vejo uma chuva caindo forte assim, sem cessar, tenho a certeza de que de algum modo o céu está parado e todos os anjos e santos estão ao redor do Mestre tentando consolá-lo.

Foto: Daniel Zanini H.

Foto: Daniel Zanini H.

E São Pedro se enraivece com a tristeza que causamos em Deus e começa a gritar alto e assim ouvimos trovões. E os santos começam a entristecer muito e também a reclamar a ideia do livre-arbítrio para nós. Mas como Deus não abre mão, eles vociferam e batem nas coisas, nas panelas, quebram tudo lá em cima, e como o céu é todo espelhado, vemos os relâmpagos romperem abaixo. Achamos a chuva bonita e a amamos em medida equilibrada porque ela traz um conforto bom, ameniza a temperatura, nos impulsiona a desacelerar e a nos aquecer. A procurar um conforto, uma abraço, o cobertor ao lado de alguém que amamos. Não sabendo a gente que a chuva é a lágrima de Deus. É o choro daquele que mais nos ama, por todas as bobagens que cometemos.

Então quando chover, a partir desse instante, não se incomode em dobrar os joelhos ao chão e se lançar em ato íntimo de contrição. Seja firme e sincero, peça desculpas por todo o mal que cometeu. Não reclame porque molhou a roupa, o sapato estragou, o carro enguiçou, as ruas estão cheias e o trânsito infernal. Não reclame porque vai se atrasar no trabalho ou não conseguirá ir embora pra casa tão rápido. Seja paciente. Contenha-se. Acalme seu coração e entre em sintonia com Deus. Vibre com Deus.

Sinta cada lágrima derramada Dele caindo em seu corpo e diminua-se. Peça perdão. Reconheça cada ato falho e aproveite o silêncio que a chuva traz para silenciar a boca e falar com o coração. A hora da tempestade é o instante mais pertinente pra redenção. Renuncie a tudo que você foi de ruim e deseje recomeçar utilizando o seu livre-arbítrio de maneira adequada e aproximada de Deus. Creia. Vai dar tudo certo. Tente não fazer Deus chorar assim. E nos outros dias, faça-o sorrir um pouco mais.

 

Comentários

Comentários