Trabalhadores informais que atuarão no Carnaval de Salvador começaram a ser capacitados na segunda-feira, 16 de novembro. Pelo menos três mil ambulantes receberão treinamento sobre legislação, manipulação e acondicionamento de alimentos, direitos e deveres, estratégias de compra e venda de produtos e noções sobre os riscos do trabalho infantil. A ação será realizada até 16 de dezembro, das 8h às 12h, no auditório da Secretaria Municipal da Ordem Pública (Semop), na Rua 28 de Setembro, Baixa dos Sapateiros.

ambulantes_bnlVendedor ambulante e turistas no circuito Batatinha, Centro Histórico de Salvador/Foto: Roberto Viana/GOVBA

Terão acesso ao treinamento os ambulantes que se cadastrarem anteriormente no endereço http://www.ambulante.salvador.ba.gov.br e possuam comprovante de inscrição com as informações de data, horários e endereço da capacitação.

O curso é ministrado por palestrantes de diversos órgãos, tais como secretarias municipais da Ordem Pública (Semop) e de Promoção Social, Esporte e Combate à Pobreza (Semps), Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Associação do Empreendedor Individual da Bahia (Amei-BA), Sebrae, Defensoria Pública da Bahia e a cervejaria patrocinadora oficial do Carnaval.

De acordo com o coordenador-palestrante da Semop, Roberto Guerreiro, é importante que, no dia marcado para obtenção do licenciamento, o ambulante compareça ao órgão com documento de identificação com foto e comprovante de residência. A cada manhã 150 ambulantes receberão a licença. Cada licenciado poderá trabalhar com mais três pessoas.

Para o representante da Amei-BA, Jorge Valentim, essa capacitação é a oportunidade para o mercado formal e esclarece: “Se o trabalhador puder oferecer melhor atendimento e serviço ao público ele se profissionaliza e se torna um empreendedor individual”.

Já a ambulante Marcelina Melo de Oliveira, 42, que atua nessa área há dez anos, diz: “Essa programação para o Carnaval 2016 está ótima, o cadastro pela internet agilizou, ficou muito mais cômodo e seguro e daqui para frente eu só posso esperar que fique muito melhor”.

Comentários

Comentários