Um dos assuntos mais corriqueiros no que tange ao mundo do trabalho é o acesso às redes sociais. SIM? NÃO? NUNCA? É CLARO QUE SIM? Funcionários e empresários vivem brigando pelo mesmo motivo sempre: a liberação do acesso das redes no horário de expediente.

Foto: Steven Mileham

Foto: Steven Mileham

O assunto é bem sério e já levou a questão a ser tema de fóruns nacionais e seminários de tecnologia e mercado. Vivemos na era das redes sociais, da procura incessante por wi-fi sem senha, de netflix, do Facebook, do Instagram, Linkedin, Pinterest, 4Shared, YouTube, Google, resumindo, da CONEXÃO FULL TIME. Então, a pergunta é clara: COMO DESCONECTAR?

A resposta é: as possibilidades são ínfimas. Uma vez ON e tendo compartilhado nas redes sociais um pouco da sua rotina/vida você não será mais o mesmo, e ficará muito mais difícil se tornar OFF e desconectar. Simplesmente porque o mundo virtual faz parte de nós. Então, como algumas empresas ainda não liberaram o acesso dos funcionários a redes tão importantes e agregadoras de informação e conhecimento como o facebook? Eu não tenho essa resposta, mas considero uma grande falha o bloqueio das redes sociais no trabalho e vou compartilhar a minha experiência.

Foto: English106

Foto: English106

Trabalho em um órgão público, em uma Prefeitura Municipal e no setor de cultura. Diferente de outras locais de trabalho, aqui o meu acesso é livre. Vou a qualquer rede social e compartilho experiências, vejo coisas, agrego ou desagrego quando eu quiser. E como eu utilizo essa “vantagem” que me foi dada? Eu produzo! Uso o tempo todo o facebook para contatar agentes culturais, por exemplo, cruzar informações de eventos culturais e artísticos, encontrar mão de obra da área, entre mil outras coisas possíveis! Posso afirmar que a minha rotina é mais célere e eficiente simplesmente porque utilizo o facebook como ferramenta de trabalho diariamente.

Trabalhando no setor de comunicação, por exemplo, não vejo outro destino. Ainda que não queiramos, vamos precisar deixar o facebook aberto! Ou outra rede social que esteja em alta. Os motivos são muitos: Aumentar o networking ou consolidar a rede de contatos, ter acesso a conteúdos diversos, agregar informação da sua área de trabalho, etc e etc e etc. Além de tudo, o que ocorre no virtual pode virar a principal pauta da nossa rotina de trabalho, sem contar ainda com os “brainstorms” que rolam online e as sacadas individuais que rolam para soluções que auxiliarão o seu desenvolvimento no trabalho.

Mas o que impede alguns empresários/patrões perceberem que as redes sociais podem ser aliadas e não inimigas? O problema é o medo da procrastinação! O que faz a diferença é a forma que o funcionário vai utilizar essa “liberdade” dada. Se não tiver cuidado, pode cair sim nos braços da procrastinação. E não há nada pior do que um funcionário que procrastina o dia inteiro! O que eu recomendo é o bom senso!

Foto: Robert Scoble

Foto: Robert Scoble

Dedique-se ao seu emprego ao máximo e pense que essa vaga foi preenchida porque confiaram em você! Dê o seu melhor! Caso esteja de saco cheio do que você faz, procure outra coisa pra fazer. Apesar de apinhado, o mercado de trabalho sempre oferece possiblidades para quem quer oferecer os seus serviços. E você ainda pode ser empreendedor e buscar criar o seu próprio negócio sem precisar ser subordinado de ninguém. Só não vá (PELO AMOR DE DEUS) se tornar um profissional indesejado e improdutivo daqueles que passam o expediente inteiro fingindo que estão tratando de algo sério quando na verdade estão comprando batom ou vendo os melhores momentos do futebol durante o expediente! Isso não!

RESSALVA: Tirar um tempo pra RESPIRAR e olhar as notícias, a última fofoca, assim como você pode parar um pouco pra tomar um lanche é importante. A pausa é sadia e faz você voltar mais preparado para produzir. Uma pausa pode ser animadora e um profissional motivado trabalha mais feliz! Tente fazer pausas utilizando-se do seu bom senso e vai ver como funcionará!

Tá. Mas e quem não pode? Quem não tem acesso? Como é a rotina dessas pessoas?

E você, o que acha sobre isso?

Seu computador tem acesso as redes sociais aí? Ou é tudo bloqueado? Me conta!

Recomendo o vídeo ‘On ou OFF. De que lado você está?’, abaixo:

Comentários

Comentários