Samba é a palavra de ordem desta quinta-feira, 04 de fevereiro, de Carnaval. Isto porque, no circuito Osmar, os tradicionais blocos de samba de Salvador ditam o ritmo da primeira noite oficial da festa. Os blocos Alerta Geral, Pagode Total, Amor e Paixão, Proibido Proibir, Corrente do Samba, Fogueirão e Samba & Folia desfilarão, a partir das 19h, reunindo cerca de 30 mil associados e fantasiados para folia. As entidades são apoiadas pelo programa Ouro Negro do Governo do Estado, gerido pela Secretaria de Cultura (Secult). Ao todo, foram contempladas 94 entidades carnavalescas, dentre blocos afro e de índios, afoxés e grupos de samba e reggae de Salvador.
Foto: Rosilda Cruz

Foto: Rosilda Cruz

O primeiro a desfilar será o bloco Alerta Geral. Entre seus convidados, sambistas nacionais como Xandy de Pilares e o grupo Fundo de Quintal, que conduzirão seus cinco mil foliões pagantes. Em seguida é a vez do bloco Pagode Total, do artista baiano Compadre Washington. O bloco será puxado pelo grupo É o Tchan e promete apresentar na avenida o sucesso do verão, “Bota a cara no Sol”. Outro artista baiano que será atração principal de seu próprio bloco é o cantor e compositor Nelson Rufino que, este ano, escolheu como tema os seus 50 anos de samba, acompanhado dos grupos Movimento e Batifun.

Outros ritmos

O bloco da capoeira, que também vai desfilar nesta quinta, apresentará um conjunto de música, dança e beleza que encanta todo público. Outro bloco que animará esta noite é o Bankoma. Oriundo de Portão (Lauro de Freitas), a entidade apresenta um conjunto artístico formado pela ala de dança, que desfila no chão e não deixa ninguém parado. Para encerrar a noite, tem os desfiles dos blocos de reggae, que asseguram a diversidade no Carnaval de Salvador. Todas estas entidades são contempladas pelo Programa Ouro Negro, gerido pela Secult, através do Centro de Culturas Populares e Identitárias (CCPI). Criado há oito anos, o Ouro Negro reconhece o legado e a importância da cultura negra e indígena para o Carnaval e mantém o apoio para garantir a presença do espetáculo de beleza e simbolismo que esses blocos fazem na avenida.

A programação completa pode ser conferida no site do Carnaval da Bahia.

Comentários

Comentários