Quem se locomovia na capital baiana por meio dos famosos buzús enfrentava um grave problema: os inconvenientes “DJs de Buzú”. Aquela turma que ouvia música em volume altíssimo, em seus celulares ou micro (porém barulhentos!) aparelhos de som. A coisa foi abrandada com a aprovação de uma Lei, em março de 2012, pela Prefeitura soteropolitana, proibindo a prática. Fones de ouvidos foram apresentados como alternativa à galera que não abre mão de ouvir um somzinho durante a viagem. Um um ano depois, o Governo do Estado também aderiu a proposta. Meses antes da aprovação da nova legislação, a ‘TV Uneb’ abordou o tema polêmico com a produção de um curta metragem DJ de Buzu, no qual tive a honra de atuar. Acompanhe…

O curta teve direção de Lucas Viana e Lara Lopes, com roteiro assinado por Lara Lopes, Lucas Viana e Qhele Jemima, e edição de Lucas Viana.

Comentários

Comentários